0
Consultados
imóveis visualizados recentemente
Ver todos Sem Consultados
0
Imóveis favoritos
imóveis adicionados
Ver todos Sem Favoritos

Reabertura das sete lojas ao público

A Réplica, uma referência portuguesa na mediação imobiliária na região norte do país, reabre esta segunda-feira, 4 de maio de 2020, as sete lojas ao público,

Notícias Tudo o que necessita de saber sobre o sector imobiliário
Notícias
Voltar    \    Notícias
Reabertura das sete lojas ao público
04 mai 2020
Reabertura das sete lojas ao público
A Réplica, uma referência portuguesa na mediação imobiliária na região norte do país, reabre esta segunda-feira, 4 de maio de 2020, as sete lojas ao público, agora que o Estado de Emergência foi levantado pelo Governo.

Réplica prepara negócios para particulares com taxa de rentabilidade até 15% ano


O regresso será feito, contudo, tendo em conta o cumprimento das normas de segurança, estabelecidas pela Direção Geral de Saúde (DGS) e pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT). Manuel Carlos Carvalho, do grupo Réplica, explica em entrevista ao idealista/news que a prioridade absoluta é a segurança dos seus colaboradores, clientes e todos aqueles que os contactam, contando em detalhe como se estão a preparar para o regresso à “normalidade”.


Quais as medidas de segurança que a Réplica preparou para a abertura das lojas?

A abertura das lojas Réplica é precedida da entrega e explicação do manual de procedimentos específicos para evitar o contágio do Covid-19, aos colaboradores que nesta fase irão reiniciar o seu trabalho. O manual foi elaborado seguindo todas as recomendações da DGS e da ACT. Cada uma das lojas estará preparada com o material recomendado de proteção e limpeza.


A Réplica está a tomar algumas medidas de promoção de forma a cativar novamente o interesse dos clientes?

É natural que, no imediato, os investidores particulares tenham como primeira reação a suspensão temporária de novos investimentos. Essa atitude durará até se perceber como o mercado vai reagir nos próximos meses, que certamente será o pronuncio de uma tendência.

A Réplica está a preparar negócios para os investidores particulares, concretamente para aqueles cujo perfil tenha como objetivo a criação de mais-valias em períodos relativamente curtos, sendo novidade, neste modelo de negócio, o facto de estar assegurado o comprador final, ou seja, de risco reduzidíssimo. Trata-se de um processo simples, mas criativo, com menor rentabilidade é certo, mas que mesmo assim projetamos uma taxa bruta de rentabilidade que pode chegar aos 15% ano.

 

A Réplica está a preparar negócios para os investidores particulares, concretamente para aqueles cujo perfil tenha como objetivo a criação de mais-valias em períodos relativamente curtos



Quanto aos investidores institucionais, manteremos as propostas para a comercialização dos vários projetos que temos em negociação, com a inclusão, agora, de novos cronogramas de vendas, receitas e novas soluções, com o objetivo de que os resultados económicos continuem a ser atrativos, conciliados com o risco reduzido na concretização do projeto.

 

Ramalde Residence, empreendimento comercializado pela Réplica / Réplica
Empreendimento Ramalde Residence

Durante o período do confinamento como se caracterizou a atividade da Réplica? 

Durante o período de fecho das agências Réplica, da sua total estrutura, apenas os comerciais, através de suas casas, fizeram a manutenção dos contactos com os seus clientes. Os negócios em curso e cuja conclusão se previa ou já se encontravam agendados, foram todos concluídos. Entretanto, dos contactos tidos durante este período de pandemia não surgiram ainda novos negócios, o que nos parece natural tendo em conta o atual contexto de incertezas e das restrições, como a impossibilidade de visitas.

 

Dos contactos tidos durante este período de pandemia não surgiram ainda novos negócios, o que nos parece natural tendo em conta o atual contexto de incertezas

 

A tecnologia digital ajuda, designadamente com as visitas virtuais, permitindo selecionar opções e manter o contacto e o interesse com os clientes, aproximando-os da decisão da escolha do imóvel, e até da sua eventual reserva, mas o fecho do negócio, por norma, carece de visita física ao imóvel


Como se caracterizou a atuação de organismos, como notários e bancos?

Quanto aos organismos, como notários e bancos, com as restrições impostas que foram públicas, nomeadamente a redução de funcionários, previmos, desde logo, as consequências que isso acarretaria, pelo que contamos com isso nas diligências que efetuamos e, por isso, não fomos surpreendidos.


Como se caracteriza a oferta que a Réplica tem em carteira?

A oferta que a Réplica disponibiliza de imóveis é constituída, predominantemente, por habitação, dispondo, também, de lojas, escritórios e terrenos para a construção. Os imóveis têm a sua origem no mercado de usados e de proprietários particulares, e de empreendimentos que são desenvolvidos por empresas nacionais e estrangeiras. No residencial, a nossa carteira abrange os segmentos alto, médio/alto e médio. Na realidade, consideramos que a oferta do mercado no segmento médio e médio/alto é ainda insuficiente face à procura, particularmente no caso do médio, que curiosamente, será aquele de maior dimensão a necessitar de casa.

 

A Réplica prevê, para breve, o lançamento de dois novos empreendimentos em V.N. Gaia que somarão cerca de 90 apartamentos para venda



Quais os principais empreendimentos em comercialização? 

A Réplica, para além dos empreendimentos que já comercializa para esse segmento médio, prevê, para breve, o lançamento de dois novos empreendimentos em V.N. Gaia, ambos com localizações de referência e que somarão cerca de 90 apartamentos para venda, em condições de aquisição facilitadas, incluindo o acesso ao crédito bancário, englobado no pack de venda.



Qual é a sua expectativa em termos de recuperação do setor imobiliário?

Verificando-se uma evolução positiva no mercado imobiliário, a recuperação do setor poderá ser relativamente rápida. Vejamos o seguinte: a oferta era, ainda à data do início da pandemia, inferior à procura, isto significa que os preços de venda no imobiliário novo e nos empreendimentos em construção, em princípio, não sofrerão redução dos preços, uma vez que não existe excesso de oferta no mercado, embora reconheça uma tendência para a facilitação dos negócios por parte de quem vende. A oscilação do preço dos imóveis está, também, diretamente ligada à procura e à oferta.


Empreendimento Vila Dona Antónia / Réplica
Empreendimento Vila Antónia


Nos últimos dois meses qual foi a situação em relação à procura de casa?

A conclusão que tiramos dos contactos verificados nestes quase dois últimos meses de pandemia é que continua a existir procura real e, se esta se mantiver, manter-se-á, também, o mesmo desequilíbrio, ou seja mais procura do que a oferta disponível. Há ainda a registar que alguns dos projetos com previsão de serem lançados no curto prazo, alguns de grande dimensão, e que poderiam ajustar o equilíbrio entre oferta e a procura, ou até mesmo inverter a situação, gerando excesso de oferta, provavelmente, retardarão o seu lançamento.

 

Os compradores, a partir de agora, encontram-se em melhor posição negocial que anteriormente, o que, obviamente, lhes trará vantagens



Neste cenário, os compradores, ao verificarem que o preço se manterá, deixarão de ter a expectativa de uma compra por um preço com redução significativa por força da dificuldade de venda, uma vez que esta verdadeiramente não existe. Apesar disso, os compradores, a partir de agora, encontram-se em melhor posição negocial que anteriormente, o que, obviamente, lhes trará vantagens.

No entanto, o comportamento do mercado imobiliário não será todo igual, podendo, desde já, antever-se que o imobiliário alocado ao alojamento local, que é expressivo, caso seja lançado no mercado para venda ou arrendamento tradicional - se tal número for elevado -, resultará, provavelmente, em excesso de oferta com as consequências obvias na redução de preço.


Qual é o número de lojas e colaboradores da Réplica?

A Réplica dispõe atualmente de sete agências (lojas) e 76 colaboradores, dos quais 55 comerciais e os restantes englobam áreas administrativas, assistentes comerciais, marketing, recursos humanos e formação.


Em entrevista ao Idealista News - idealista.pt

 

Veja também
  • Com vontade de fazer parte de um grande projeto?29 set 2020
    Com vontade de fazer parte de um grande projeto?
    A Réplica incorpora um conjunto de vastos serviços, know-how e metodologias inovadoras que a coloca numa posição avançada face à mediação imobiliária tradicional e onde lhe confere uma visão com maior amplitude sobre a realidade e as (...)
  • Critérios para investir bem no imobiliário01 set 2020
    Critérios para investir bem no imobiliário
    Com mais de 30 anos de experiência no mercado imobiliário, fortalecemos 6 rigorosos critérios no desenvolvimento e na comercialização dos projetos de pequena, média ou grande dimensão, que garantiram o retorno do investimento dos nossos (...)
  • Mude o titular do contrato da luz11 ago 2020
    Mude o titular do contrato da luz
    É certo e sabido que ao adquirir uma casa, seja alugada ou comprada, existem uma série de procedimentos a levar em conta relativamente aos contratos dos serviços que necessitamos no dia a dia. Neste caso iremos abordar um dos (...)